Evento Restaura Monte

fotos-evento-restaura-189

Clique aqui para o Álbum de fotos do Evento Restaura Monte

A paz do Cristo Libertador a você que nos visita!

E Aquele que está assentado no trono afirmou: “Eis que faço novas todas as coisas!” (Apo 21,5)

Escolhemos começar a descrição de como foi o Evento RESTAURA MONTE, com esta celebre frase do livro do Apocalipse, pois neste dia, 21 de março de 2015, ela se cumpriu em sua plenitude na história do Monte das Oliveiras!

A proposta do evento de revitalização extrapolou os limites físicos da renovação, e pôde atingir a esfera espiritual e fraterna dos que trabalharam ardorosamente durante todo o dia.

Não é sensacionalismo, não, nem vanglória, é a verdade, e o melhor a verdade que pôde emanar do nosso Deus, na pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo, que esteve presente voluntariamente neste grande dia, neste grande evento! Um evento grande em todos os sentidos! No campo humano, estavam envolvidos 315 voluntários, sendo 80 paulistas da Comunidade de Aliança Cristo Libertador, 235 Alpinopolenses, membros de quase todos os grupos da cidade, sendo destes últimos, 20 funcionários da Prefeitura Municipal da Cidade, incluindo o Prefeito, Vice Prefeito e alguns de seus secretários.

No campo material, tínhamos trabalhando 4 retroescavadeiras, 1 patrol, 5 caminhões caçamba, 3 caçambas móveis, 2 tratadores roçadeiras, 10 roçadeiras manuais, 40 enxadas, 30 espátulas, 10 colheres de pedreiro, 40 rolos de pintura, 30 pincéis, 20 broxas e cerca de 500 litros de tinta. Tudo isso? Sim, sem aumento de contador de estórias!

Aproveitamos a ocasião para agradecer em especial ao Prefeito Júlio Batatinha e toda sua equipe, que colocaram tudo que podiam à disposição do Monte! Maquinas, doações, tendas, instrumentos, funcionários e o principal, suas mãos! Sim povo amado, o prefeito pegou no pesado, e passou o dia capinando conosco, chegou as 7 e só saiu após a missa, feliz da vida com o resultado! O senhor “Bandola”, também ajudou muito e merece nossos agradecimentos especiais por suas máquinas e funcionários. Bandola “tamo” junto!

Bom, voltando à descrição, no campo espiritual, que para nós foi o mais importante, tivemos um dia fantástico de fraternidade entre todos os grupos. Era possível sentir a máxima de que o Senhor Jesus estava ali, pois todos trabalhavam com alegria, ao som de louvores cristãos. A cada enxadada, a cada pincelada, a cada entulho que era recolhido, a cada árvore podada, era como se o nome de Deus fosse glorificado! Afinal de contas, antes do Monte das Oliveiras ser do saudoso Iglair Lopes, antes de ser da Associação Apóstolos de Cristo, antes de ser da Igreja ou do povo de Alpinópolis, o Monte sempre foi e sempre será do Autor da criação, nosso Deus Onipotente! E como dono da Obra, ele também trabalhou! Como na bíblia Deus veio em auxilio do seu povo! Numa semana chuvosa, a única hora que os voluntários se molharam foi no almoço, com uma leve garoa, que mais parecia um banho para o segundo tempo de trabalho. Pudermos sentir Deus segurando as nuvens com suas mãos, para que não chovesse durante a Santa Missa. Trabalhamos debaixo da sombra do altíssimo, numa temperatura agradável. No dia anterior o Senhor regou o solo, para que a capinagem fosse mais fácil e ágil; Que dia memorável!!!

Iniciamos ás 7hs da manhã e as 16hs encerramos, porém o que foi feito, com certeza, foi amplificado pela graça divina. Uma nova estrada foi aberta, o platô do monumento de Santo Elias foi feito, o platô da fortaleza foi ampliado, estradas cascalhadas, 70% da grama aparada, todas as árvores podadas, estacionamento limpo, placas consertadas e envernizadas, monumentos reformados e pintados, guias pintadas, luzes funcionando. E tudo isso em um dia. Um dia único e inesquecível.

E o encerramento não poderia ter sido melhor, Padre Donizete e Padre Riva celebraram a Santa missa com os missionários. Ao som de um alto louvor a juventude foi embalada pelo Ministério de música Cristo Libertador e pelos músicos do Jolcris. Também agradecemos a paróquia São Sebastião que cedeu espaço nas missas para a divulgação, nos acolheu, orou por nós e nos enviou! Somos Igreja, aleluia! O evento acabou as 19hs com o Monte das Oliveiras muito mais limpo, bonito e exalando o amor de nosso Deus! Encerramos com a promessa de um novo momento, o Deus que faz tudo novo, olhou para nós, olhou para Alpinópolis e olhou para o Monte das Oliveiras.

Como cantamos antes da missa, GRANDES COISAS ESTÃO POR VIR!

Muito obrigado a Associação Filantrópica Apóstolos de Cristo, aos Padres Donizete e Padre Riva e membros da Paróquia São Sebastião, aos grupos, GTO – Grupo Teatro do Oprimido, Grupo de Teatro Stellum, Jolcris, RCC Alpinópolis, Comunidade Tenda de Franca, Terço dos Homens, Copasa, Policia Militar de Minas Gerais, Ricambi (Peças de Tratores), Hotel Ventania, Rádio Ventania FM, Rádio Ventania Mix, jornais Tribuna Alpina e Jornal Galera, aos comércios, Pedras Brasil, Rural Minas, Supermercado Pag Poko, Supermercado São Jerônimo, Supermercado Zé da Loja, Supermercado João Florêncio, ao Sr. Josino Domingues, ao Gutto pela captação de imagens, ao “Binho”, morador da Vila Betânia que ajudou muito conseguindo alimentos e voluntários para o dia e claro, A TODOS OS VOLUNTÁRIOS que doaram um dia de trabalho em prol desta obra grandiosa. Sem a ajuda de cada um de vocês nada do que vivemos sábado passado seria possível, que o Senhor derrame suas bênçãos sobre cada um de vocês!

Fogo de Elias para todos nós!

Sobre o autor: